PDL 234/2011, mais conhecido como “Cura Gay”

Nosso país esta vivendo um momento épico e por muitos esperado. Após ouvir  várias críticas e deboches em relação a nossa geração, hoje vejo a minha geração, desacreditada por muitos, mostrar a sua força. Uma das “ações” tomadas por nossa geração é dizer o não a manipulação imposta pela mídia; muitos boicotes as mídias estão sendo realizados e planejados, mas qual é o tamanho dessa influencia midiática em nossa vida? Essas manifestações de repudio a ela esta mesmo valendo? Bem é sobre isso que venho abordar. Vejo na internet, em rodinhas de conversas, na TV muito se falando da PDL234/2011 que “ninguém” refere com esse nome, e sim como Cura Gay. Mas de onde saiu esse “apelido”? Bom essa é só um pedaço da história…

Conversando com um amigo advogado, fiquei sabendo de algumas coisas interessantes, como por exemplo que o descobri que esse projeto é de autoria do Dep. João Campos e que o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) Dep. Marcos Feliciano, que é pastor, teve como função intermediar o debate e votações das lei.

Você sabia disso? Nem eu, mas é porque como não conhecemos as leis, nossos direitos e defeitos ficamos sendo manipulados.

Mas o que é esse tal Projeto de Decreto Legislativo 234/2011?Bom pelo que pesquisei e conversas descobri que o objetivo desse projeto é alteração na Resolução do Conselho Federal de Psicologia n° 1/99 de 23 de março de 1999. A alteração seria a “retirada” do parágrafo único do art.3 e do art.4, já que refere-se a CURA!

Os artigos são os seguintes:

“Art. 3° – os psicólogos não exercerão qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas, nem adotarão ação coercitiva tendente a orientar homossexuais para tratamentos não solicitados.

Parágrafo único – Os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades.

Art. 4º – Os psicólogos não se pronunciarão, nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a reforçar os preconceitos sociais existentes em relação aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica.”

 

Não estou aqui para defender ninguém, nem colocando minha opinião sobre esse Projeto de Lei, só venho dividir com você minha reflexão sobre o quanto e até quando seremos influenciados pelas mídias, “engolindo” o que nos é dado sem ao menos analisar. Converse com profissionais das áreas dos assuntos abordados, como advogados e psicólogos nesse caso.  Tenha uma postura crítica! Fundamente-se! Vamos discutir… PENSAR NÃO PAGA!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: